Os elevadores domésticos tornaram-se populares com a chegada do conceito de design universal, cujo método visa criar espaços de vida mais seguros e versáteis. O elevador doméstico, que já foi símbolo de status na década de 80, nos EUA, agora ganha mais adeptos pelo acesso a novas tecnologias, adequação aos projetos e preços mais reduzidos.

Existem três tipos de elevadores para residências

Hidráulico: é o mais seguro e mais utilizado para elevadores que atendam poucos pavimentos. Aciona o motor apenas para subir, já a descida é realizada pela gravidade o que economiza energia elétrica. Vem com sistema de resgate integrado que no caso de falta de energia, retorna a cabina ao pavimento inferior e abre as portas, liberando os passageiros. Exige um pequeno local que pode ficar localizado até 10 metros de distância do elevador para a casa de máquinas. Normalmente o maquinário é instalado embaixo de alguma escada.

Tração com contrapeso (Convencional): existem dois tipos, o “com Casa de Máquinas” superior, que exige uma sala acima da caixa de corrida para instalação do maquinário e o “Sem Casa de Máquinas” MRL (machine-less room), onde todo maquinário é embutido no topo da caixa de corrida, dispensando a “sala de máquinas”, porém exigindo uma altura adicional no último andar. Ambos os equipamentos utilizam a máquina de tração superior, com cabos de aço ou fitas (tranças de cabo de aço emborrachadas) auxiliados por contrapeso. São equipamentos mais indicados para edificações de maior porte e com maior número de pavimentos.

Pneumático: tecnologia relativamente mais nova, que utiliza a pressão do ar para mover-se e um tubo interno de policarbonato deve ser instalado, porém tem limitações na dimensão da cabina o que impede o transporte adequado de cadeirantes (acessibilidade). A sua utilização acaba sendo restrita a residências, não podendo ser empregado em edificações com outras finalidades.

Conheça as vantagens para customizar sua casa com o elevador

Estilo de vida, segurança e valorização do imóvel também são alguns dos motivos pelos quais proprietários estão aderindo a instalação do elevador em residências.

  1. Agrega valor – o elevador é um investimento na revenda do imóvel mantendo nível de conforto e mobilidade.
  2. Utilidade – evita o uso de escadas para transporte de mobília, malas de viagem e objetos pesados otimizando tempo e acesso de forma prática e funcional.
  3. Segurança – a residência fica mais segura e elimina acidentes com crianças e idosos em escadas.
  4. Conveniência – é conveniente ter um elevador para facilitar o transporte da família, utensílios, bagagens e mantimentos.
  5. Estilo – o elevador agrega sofisticação à residência com um projeto adequado ao estilo da casa.
  6. Uso – permite a ampla utilização de todos os ambientes de todos os andares da residência e por todas as pessoas, mesmo as que têm dificuldade de mobilidade temporária ou permanente.
  7. Design – com espaços cada vez mais equacionados, engenheiros conquistam novas técnicas e projetam elevadores adequados dentro ou fora da casa e personalizados com a escolha da metragem, piso, iluminação, entre outros detalhes.

Escolha uma linha de elevadores, valorize seu imóvel, adquira um novo modo de vida e invista no conforto!

Solicite um orçamento agora