O elevador parou! E agora?

Seja por falta de energia ou manutenção, os elevadores podem parar inesperadamente. O que fazer quando isso acontece? Descubra como você e os profissionais do condomínio devem reagir, a fim de evitar atitudes erradas e precipitadas que podem provocar incidentes.

Veja a seguir algumas dicas do site Síndico NET.

Se o elevador parar de repente, você deve:

  1. Manter a calma;
  2. Não tentar sair da cabina sem orientação profissional, que deve ser a de um técnico da empresa responsável pela manutenção dos elevadores ou do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar;
  3. Usar o interfone da cabina para informar a situação ao porteiro ou zelador;
  4. Usar o botão de alarme para emitir um sinal sonoro, caso o elevador não possua interfone;
  5. Procurar uma placa (obrigatória em todas as cabines) com os telefones da empresa de manutenção, caso a comunicação com a portaria não tenha êxito;
  6. Recusar a ajuda de pessoas não autorizadas para sair da cabina, já que isso poderia colocar a vida em risco.

Se o elevador parar de repente, os profissionais do condomínio devem:

  1. Checar se existem pessoas retidas na cabina do elevador;
  2. Chamar de imediato o técnico da empresa de manutenção dos elevadores e informar o ocorrido;
  3. Usar o interfone para tranquilizar e orientar o(s) passageiro(s), o que envolve avisar que a ajuda está a caminho e que basta aguardar o resgate;
  4. Ficar atento ao sinal sonoro emitido pelo botão de alarme, no caso de elevadores que não tenham interfone, a fim de realizar essa comunicação no local da paralisação;
  5. Sinalizar que o elevador está fora de uso (placa Fora de Uso).

O ideal é agir preventivamente. No caso de oscilações de energia, a recomendação é desligar as chaves gerais para evitar danos aos componentes eletrônicos dos elevadores. Outra medida importante, que deve ser feita com antecedência, é a instalação de luzes de emergência no interior das cabinas e verificar regularmente o seu funcionamento.

Agora, se o problema foi provocado por falta de manutenção, isso é um ato sério de negligência do condomínio, principalmente da parte do síndico, sendo que ambos podem sofrer as penalidades da Lei. Por quê? Porque envolve a segurança das pessoas, além de gerar um desconforto que pode ser evitado facilmente com manutenção preventiva.

Evite problemas! Fale com a Engetax, uma empresa com 3 décadas de expertise em manutenção de elevadores. 

Deixar Um Comentário