Elevador de carga

Utilizado para transporte vertical de materiais, os elevadores de carga apresentam muitos benefícios para indústria e comércio. Na Engetax, construímos produtos robustos, capazes de suportar condições severas de uso por múltiplos anos.

  • Baixa manutenção, funcionamento silencioso, ergonômico, design moderno;
  • Essencial em indústrias e comércios verticalizados, cada vez mais comuns;
  • Baixo impacto estrutural;
  • Excelente custo-benefício, com economia de energia elétrica e na manutenção;
  • Alta robustez e performance, seguindo padrões rigorosos de qualidade;
  • Atendimento às normas ABNT e normas regulamentadoras (NR’s) requisitadas;
  • Projetos específicos e personalizados para cada cliente.

Projeto e assessoria técnica

Na Engetax, é fundamental que cada projeto tenha sua demanda plenamente atendida. Por isso, nossos elevadores devem atender às necessidades específicas de cada cliente, e são projetados com coeficientes de segurança acima dos exigidos pelas normas.

  • Estudo do tipo de carga a ser transportada;
  • Tipo de carregamento e descarregamento;
  • Normas a serem seguidas;
  • Avaliação do cliente;
  • Orientações para o preparo do local e infraestrutura necessária para receber o equipamento;
  • Fabricação do elevador;
  • Instalação, entrega de documentação e orientações de manutenção preventiva.

Para que você conheça melhor os elevadores de carga Engetax, separamos algumas informações e parâmetros técnicos sobre nossos equipamentos.

Acabamentos disponíveis Aço Inox ou Pintura Eletrostática
Portas manuais Abertura Lateral, BUS, Guilhotina
Portas automáticas opcionais Abertura Central, Lateral ou Guilhotina
Entrada e saída Unilateral, opostas ou 90º (hidráulico)
Acionamento Máquina redutora auxiliada por contrapeso ou hidráulico
Tensão de alimentação 220 / 380 / 440 Volts Trifásico
  Mínimo Máximo
Capacidade útil (kg) 500 Usual até 10.000
Profundidade do poço (m) 1,2 Varia conforme necessidade do cliente
Velocidade (m/min) 10 60
Percurso Varia conforme necessidade do cliente Varia conforme necessidade do cliente
Pavimentos Varia conforme necessidade do cliente Varia conforme necessidade do cliente
Tamanho da cabina (m) 1,20 x 1,20 (LxP) Varia conforme necessidade do cliente
Abertura da porta (m) 2,00 (L x A) Varia conforme necessidade do cliente
Caixa livre (m) 2,00 x 2,00 (L x P) Varia conforme necessidade do cliente

Nos elevadores de carga, há uma classificação quanto a classe de carregamento, seguindo a norma ABNT NBR 14712-2013.

  • Classe A: carga comum, onde a carga é distribuída e nunca uma peça singela pesa mais que 25% da carga nominal do elevador. O carregamento e o descarregamento são manuais ou através de empilhadeiras manuais. Para este tipo de carregamento, a carga nominal mínima deve ser calculada à base de 250 kg/m² da área útil da cabina.
  • Classe B: carga automotiva, onde o elevador é usado para transporte de veículos utilitários ou automóveis de passageiros, até a carga nominal do elevador. Para este tipo de carregamento, a carga nominal mínima deve ser calculada à base 150 kg/m² da área útil da cabina.
  • Classe C: aplica-se se o peso da carga concentrada, incluindo o da empilhadeira motorizada ou manual, se usada, for maior que 25% da carga nominal e onde a carga a ser transportada não exceder a carga nominal. Para este tipo de carregamento, a carga nominal mínima deve ser calculada à base de 250 kg/m² da área útil da cabina. A classe C é dividida em três tipos de carregamento:
    • Carregamento de classe C1
      O carregamento e o descarregamento são feitos por empilhadeira motorizada ou manual, e esta viaja com a carga. A carga estática durante o carregamento e o descarregamento não excede a carga nominal do elevador.
    • Carregamento de classe C2
      O carregamento e o descarregamento são feitos por empilhadeira motorizada ou manual, mas a mesma não viaja junto com a carga. A carga estática durante o carregamento e o descarregamento excede a carga nominal do elevador. A carga máxima sobre a plataforma durante o carregamento e o descarregamento não pode exceder 150% da carga nominal e o peso da empilhadeira motorizada ou manual não pode exceder 50% da carga nominal do elevador. A máquina de acionamento, o freio eletromecânico e a relação de tração devem ser adequados para suportar e manter o nivelamento de 150% da carga nominal.
    • Carregamento de classe C3
      Carregamento com grande concentração de carga. A carga estática durante o carregamento, o descarregamento e a viagem não pode exceder a carga nominal do elevador.

Segundo a ABNT, os elevadores de carga são destinados exclusivamente ao transporte de materiais, em que é permitido apenas que o ascensorista e o acompanhante de carga o utilizem. Em outras palavras, não é elegível para transporte de passageiros em geral.
Além disso, podem-se destacar algumas normas ABNT importantes para elevadores de carga:

  • NBR 1472013 – Elevadores elétricos e hidráulicos / Elevadores de carga / Monta carga / Elevadores de maca;
  • NBR NM 207-1999 – Elevadores elétricos de passageiros;
  • NBR NM 267 – Elevadores hidráulicos;
  • NBR 16858-1-2020 – Elevadores: Requisitos de segurança para construção e instalação;
  • NBR 16083-2012 – Manutenção de elevadores e escadas rolante.
  • NBR 16858-1-2020 – Elevadores – Requisitos de segurança para construção e instalação

Personalização

Entre em contato com nosso time de especialistas e descubra a melhor solução em elevadores de carga para seu negócio.