Cuidados na hora de fechar a manutenção dos elevadores

Não realizar a manutenção preventiva dos elevadores, a cada 30 dias, pode gerar riscos e desconfortos aos passageiros, além de custos maiores e desnecessários devido a problemas técnicos que podem ser facilmente evitados. Contudo, é preciso tomar alguns cuidados na hora de fechar a manutenção dos elevadores – cuidados com o contrato e a empresa escolhida.

Veja a seguir algumas dicas, do site Síndico NET, sobre o assunto:

  1. Opte por um contrato que cubra a reposição das peças. Embora seu valor seja mais elevado, ele evita altos custos pontuais;
  2. Certifique-se de que conste no contrato a disponibilidade, tipos, garantias e procedência das peças utilizadas na manutenção. Estas devem ser novas e compradas diretamente do fabricante;
  3. Verifique se a empresa escolhida oferece engenheiros especializados, atendimento 24 horas e se ela é registrada junto aos órgãos competentes, tais como Receita Federal, Prefeitura Municipal e CREA (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia), possuindo licença municipal para trabalhar com o equipamento.
  4. Cheque se o contrato discrimina o corpo técnico responsável pela manutenção;
  5. No ato da contratação, solicite uma vistoria ou inspeção técnica que revele o estado atual das peças, indicando quais devem ser substituídas e a periodicidade com que isso deve ocorrer;
  6. Desconfie de empresas que cobrem abaixo do valor de mercado e tenham reputação duvidosa. A manutenção regular dos elevadores é assunto sério, pois envolve a vida de condôminos e funcionários. Caso ocorra um acidente, o custo de indenizações pode recair sobre a responsabilidade do condomínio, especialmente sobre o síndico;
  7. Apure se o contrato garante aviso prévio de 30 dias para a rescisão contratual e não possui cláusulas abusivas e ilegais, como multa de rescisão com valor acima de 10% sobre as parcelas a vencer;
  8. Confira se consta no contrato a cobertura de seguro, referente à responsabilidade civil por eventuais indenizações por danos pessoais e/ou materiais decorrentes dos serviços prestados pela empresa;
  9. Confirme quais serviços e itens não são cobertos pelo contrato;
  10. Atente-se aos valores mensais da prestação de serviços por equipamento, respectivos reajustes contratuais e formas de pagamento;
  11. Verifique o que o contrato diz sobre procedimentos de visitas técnicas, chamados avulsos, procedimentos para passageiros presos na cabina e demais emergências;
  12. Não aceite o início dos serviços sem a devida celebração do contrato nem cláusulas incompletas no mesmo.

Por que a Engetax é a escolha certa para seu edifício?

Há 3 décadas no mercado, a Engetax é uma empresa certificada e comprometida no atendimento de cada cliente. Com um corpo técnico especializado e um estoque de peças sobressalentes para elevadores de qualquer marca, oferecemos a manutenção de qualquer modelo.

Os que têm interesse em contratar nossos serviços ganham inspeção técnica gratuita com emissão de relatório, que indica a real situação dos elevadores.

Nosso serviço é realizado por meio da assinatura de contrato, onde consta a realização de manutenção preventiva programada, avaliações periódicas de segurança (RIA) e plantão emergencial 24 horas por dia, todos os dias do ano. Para entrar em contato com nosso plantão emergencial, oferecemos a central telefônica 0800-709-1366 ou atendimento via internet, garantindo assim agilidade e flexibilidade aos nossos clientes.

A Engetax é o parceiro ideal para a manutenção dos elevadores. Fale conosco!

Deixar Um Comentário